terça-feira, 25 de abril de 2017

Quando um software limpa mais do que deve

Existe um software chamado PrivaZer, que se propõe a efetuar limpeza de disco, com buscas simples ou pesadas em busca de arquivos inúteis.

Esses itens, normalmente arquivos temporários ou rastros deixados por programas desinstalados, acabam entulhando o disco e podem prejudicar o funcionamento do seu computador.


O PrivaZer se apresenta de forma simples, para garantir que tais conteúdos sejam removidos de forma simples, mesclando recursos básicos e avançados em uma interface completamente renovada.

Ele surgiu lá por volta de 2012, como uma das grandes alternativas ao praticamente incontestável CCleaner, sendo capaz de buscar por arquivos em todas as unidades de disco conectadas em seu computador, garantindo assim uma pesquisa ampla para deixar tudo limpo e funcionando bem.

Conforme o estado do HD, os processos podem levar muito tempo para terminar. Durante a varredura, existe a opção para a limpeza ser iniciada logo após o término da análise dos arquivos e outra para desligar o computador quando ela for concluída.

Pois bem, meses atrás, um usuário amigo meu estava as voltas com a lentidão de seu Windows 8.1 e resolveu utilizar o PrivaZer para "deixá-lo mais leve". O processo de limpeza durou praticamente duas horas e meia e realmente, após concluído, o computador estava bem mais leve, só que com o problema de não rodar mais determinados aplicativos.

Um dos atingidos foi o famoso pacote Office. Depois da limpeza, Word, Excell e Powerpoint simplesmente não subiam, reclamando de problemas na instalação. O maior agravante foi encontrado no software de correio eletrônico Windows Live Mail, que simplesmente não abriu mais. Pior: não permitia ser desinstalado, assim como não liberava uma reinstalação ou a instalação de uma versão mais atual (no caso a 2012, já que as anteriores estão descontinuadas).

A opção encontrada foi se fazer um completo backup da máquina e - após a formatação - instalar do zero todo o sistema operacional (desta vez o Windows 10). Para o lugar do correio Windows Live Mail, a saída adotada - por determinadas razões - foi o Thunderbird.

Pela experiência vivida, o PrivaZer tornou-se um pesadelo que pelo menos esse meu amigo não quer voltar a viver. Fica o registro.


terça-feira, 28 de março de 2017

Lentidão na Internet


Muitas empresas têm investido pesadamente em TI. Ainda assim, é comum ouvirmos alguém reclamando contra lentidão na internet, algo que acaba – em maior ou menor grau – comprometendo o rendimento do trabalho e a entrega de serviços.
.
A impressão que se tem, na maioria das vezes, é de que é necessário aumentar mais os investimentos, redimensionando rede, revendo aplicativos etc. Mas a coisa não é bem assim. Existem gargalos ligados ao comportamento do usuário. E o problema acaba sendo, no fundo, no fundo, de gestão.
.
Vejam a questão da segurança. Existem hoje uma infinidade de vírus e pragas virtuais que podem contaminar até mesmo a conexão mais robusta do planeta. Isso é um grande problema para uma empresa, visto que informações estratégicas, administrativas e financeiras podem sempre estar vulneráveis. E torna-la mais segura com ferramentas que supostamente lhe darão maior segurança impacta diretamente no desempenho da rede.
.
Para complicar, a maior parte das organizações não tem critério algum de acesso à rede. Muitos profissionais continuam abrindo e-mails sinalizados como spams, além de fotos e vídeos anexados às mensagens. Um deslize desse tipo pode contaminar o equipamento e levar à perda de dados, fazendo com que cada computador ligado à rede se torne lento demais. Para esses casos, a tecnologia poderá ajudar se um bom antispam, um antivírus e um firewall (ferramenta responsável por aplicar uma política de segurança para controlar as informações que podem ser acessadas pelos computadores) forem devidamente ativados.
.
Outro problema é o excesso de informações disponíveis em aplicativos. Todo o sistema corre risco de ficar inchado e ter seu desempenho comprometido se não houver uma análise bem criteriosa das informações necessárias a serem exibidas, incluindo filtros bem elaborados para que se traga a menor quantidade de informações por vez. Afinal, qualquer coisa que trafegue pela rede afeta em alguma medida a sua eficiência. Há desenvolvedores, infelizmente, que sequer levam em consideração o impacto que o aplicativo em desenvolvimento terá sobre a rede. Conclusão: para ter acesso ao banco de dados, muitas vezes a impressão que se tem é de estar numa estrada congestionada. A saída nesse caso é contar com uma equipe especializada, que desenhe uma solução sob medida para sua empresa.
.
Existe também o problema da concorrência de ações em rede. No passado, os equipamentos eram independentes e as atualizações eram realizadas com uso de mídia (disquete ou CD), algo que impactava apenas o computador do indivíduo. Hoje, com o uso de atualizações on-line do sistema operacional e dos seus aplicativos, além do uso de downloads, acesso a vídeos on-line e reuniões virtuais, o alto consumo da rede se tornou inevitável. Para resolver tais problemas, é necessário implantar políticas na empresa que determinem aquilo que se faz necessário de forma programada, em horários de menor movimento.
.
Outro aspecto a ser levantado: problemas na configuração dos servidores, equipamentos e demais recursos de rede. Olha, pode parecer exagero dizer que a configuração de um determinado aplicativo pode acarretar lentidão na rede. Mas na prática isso é muito comum. O mau uso dos recursos compromete muitas empresas que aumentam o investimento e não sentem, em contrapartida, nenhuma melhora de desempenho. Para resolver essa questão é necessário contar com uma equipe especializada capaz de monitorar os recursos disponíveis.
.
Por fim, temos o aspecto da comunicação diante das facilidades que hoje estão a nossa disposição. Se, há poucos anos, para ter acesso aos e-mails corporativos e ao banco de dados da empresa em que se trabalha era necessário estar presente, hoje é possível fazer tudo de qualquer parte do mundo. Basta ter um telefone celular ou um notebook. Pode parecer fantástico acessar informações comerciais estando há milhares de quilômetros de distância, mas isso tem um custo. E não estamos falando de dinheiro, mas do tempo que esses softwares adicionam ao processamento do sinal da rede.
.
Por essas e por outras, é sempre importante definir o perfil do negócio antes de investir em tecnologia. Por isso é importante contar com uma equipe pronta para desenvolver uma solução tecnológica que atenda às suas reais expectativas. Quem fizer ao contrário estará na contramão do bom senso.